ANDANTE: Porquê pagar por um serviço que não usa?

O cartão Andante é um título de transporte intermodal* da Área Metropolitana do Porto e permite que com esse título, um utente possa num percurso, por exemplo, casa-trabalho, ou casa-escola, utilizar vários modos de transporte (metro, autocarro, comboio). É um título muito cómodo para o utente, que assim não tem de comprar vários títulos aos diversos operadores. Essa integração também permite gerir melhor a rede de transportes, eliminando redundâncias e sobreposições que se reflectem num preço global mais baixo.andante-cartao-novo

Mas existem concelhos onde o sistema de transportes não é intermodal, por inexistência de operadores de outros modos (para além do Metro) que estejam integrados no sistema de bilhética Andante. Os utentes pagam um título intermodal, logo mais caro, mas circulando apenas no único modo disponível – o Metro.

É o caso dos utentes que se deslocam exclusivamente dentro dos concelho de Póvoa de Varzim e Vila do Conde. Com efeito, nestes dois concelhos não existe outro operador integrado no sistema Andante. Os utentes que se deslocam entre as estações da Póvoa de Varzim e Vilar do Pinheiro, por exemplo, pagam intermodalidade sem a ter.

Urge corrigir esta situação. O utente deve ter a opção de comprar um título monomodal (só Metro), mesmo que a rede ofereça a intermodalidade, e por maioria de razão, não deve ser obrigado a comprar a intermodalidade se esta não está disponível no percurso que deseja fazer.

A Comissão de Utentes dos transportes (CULP) e a DECO já por diversas vezes levantaram esta questão, perante a passividade dos municípios da Póvoa de Varzim e Vila do Conde que, estando na administração do Metro, nada fizeram para que este problema, que afecta milhares de utentes, seja resolvido.

O Bloco de Esquerda na Póvoa de Varzim e Vila do Conde está empenhado em acabar com a imposição da intermodalidade, aliviando o custo dos preço dos bilhetes do Metro nas viagens entre estes dois concelhos e para quem, deslocando-se para a Maia, Matosinhos, Gaia e Gondomar, só usam o Metro.

 


*Intermodalidade:
sistema de transportes públicos que permite ao utilizador ter acesso, com um único bilhete, a vários modos de transporte, por exemplo, comboio, metro, elétrico, autocarro, etc., normalmente  corresponde a uma rede integrada de operadores e linhas,que permite a um utente, na posse de um único  título de transporte, fazer um trajeto completo usando mais que um modo, optando o utente pelas ligações mais convenientes.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s